La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / RETRATO URBANO.

 Imprimir  Recomendar
  [C:292743]

Num seio exposto um menino lânguido.
Um homem trôpego numa bermuda rota.
Na meia-garrafa de pinga quatro mãos digladiam por alguns goles.
Junto ao resto de marmita a mulher dormita, enquanto, sua direita, afasta uma barata robusta.
O menino chora fraquinho.
O cachorro late, às soltas,
Os homens resmungam e a barata se assusta, atônita, larga o repasto. Tentando fugir do quadro é desbaratada. Entanto, todos riem da grotesca situação do triste inseto até o vira-lata balança o rabo.
Na rua, as gentes e agentes indiferentes.
Sob o viaduto àqueles - Representações humanas num retrato urbano.

Texto agregado el 30-05-2007, y leído por 111 visitantes. (1 voto)


Lectores Opinan
2007-05-31 04:58:50 muito muito bom, retrato de muitas cidades, retrato da miséria, da indiferença, da inocência e crueldade. Uma prosa poética da realidade, isso sim! mil estrelas nocheluz
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]