La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / SÁBIO!

 Imprimir  Recomendar
  [C:365287]

Quanto mais se vão caindo os véus de ignorância
Tosca que é pelo retardo do desconhecimento.
Emerge, em conseqüência, a figura da sabedoria.

Exteriorizando-se de modo natural.
Simultâneo se vão apagando as máculas do não saber.
Mostrando-se, num todo, radiosa se vai tornando a erudição.

Que estimula sem açoitar,
Que protege sem os artifícios do esconder e
Que se expressa conforme a razão ao ensinar.

Entendendo, sobre tudo, que jamais a ignorância se perpetuará.
Por conseguinte quando o Homem desse estágio se levantar,
Sem as vaidades, de si orgulho terá Sábio! Doravante se lhe reconhecerão.

Texto agregado el 08-08-2008, y leído por 133 visitantes. (1 voto)


Lectores Opinan
2008-08-12 18:30:21 Tens razão a ignorância não é perpétua. E estas linhas têm um encanto com aroma a sabedoria e muito talento. magaoliveira
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]