La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / AUTO-RETRATO. (PROSA)

 Imprimir  Recomendar
  [C:373277]

É certo que de médico não tenho o mínimo!
Não obstante a dor do outro, também, dói em mim.
Taxativo é o direito, entendo. Mas, me surpreende a justiça...
E desde que aprendi sobre a relatividade, consegui contestar a mim mesma.

Acredito piamente no amor!
Amo, provavelmente sem ser amada...
Sem ser esse amor platônico,
Sem inibição é inteiro e declarado.
Amo sem as amarras do ciúme
Por acreditar nos elos do amor.

Nunca me senti traída!
Pela lógica de que a incapacidade do que é pequeno não o permite alcançar o que lhe está acima. Conseqüentemente, ser superior, é dissuadir a pequenez apresentando-lhe valias, que por sua essência exígua, a baixeza, não é capaz de enfrentar. Por tanto, se me traíram... Foi tudo em vão, jamais me dei conta de tal traição.

Todavia, não raras são as vezes que me sinto tola!
Acreditando em valores que ninguém mais crer,
Por gostar do sol e do luar;
Por falar às paredes e com minha sombra passear;
Por tentar entender as ciências exatas, enquanto, as humanas são as que me deixam no espírito um, comichão;
Por que tento compreender os mistérios que não se sabe explicar;
Por contemplar a chuva, as montanhas, o crepúsculo, a relva, o amanhecer, até a morte e a própria vida.

Por cantar o amor, o amor, o amor!

Enquanto a minha cabeça gira, gira sem parar,
Brincando com as palavras de compor - E assim aprendendo a rezar.
Por que choro quando busco no céu infinito, àqueles que se foram,
ali quem sabe radiantes, como os lindos astros e estrelas, para mim a acenar.

Assim, talvez um pouco mais ou muito menos,
ou sem talvez, pelo apresentado, assim sou eu!
E por exclusão, se, se de médico nada tenho...
Deus meu...!
Neste caso serei eu, então, não meio, mas num todo, louca!?!?!

Ainda assim eternamente grata ao meu Deus.
Por ser assim como sou...
Entretanto, creio ser uma de suas criaturas!

Texto agregado el 02-10-2008, y leído por 301 visitantes. (2 votos)


Lectores Opinan
2008-10-03 23:06:27 Nocheluz tiene razón, continua sendo assim.+++++ crazymouse
2008-10-03 19:40:00 belíssimo retrato, e continue sendo assim....nunca deixar de cantar o amor***** nocheluz
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]