La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / "O contrário do amor não é o ódio" (Crônica)

 Imprimir  Recomendar
  [C:386815]

Prodigiosas são as palavras que nos levam a reflexão,
E benditas sejam as mentes que as recebem,
E as bocas que as pronunciam.

No desenvolver do comportamento, tudo é aprendido,
E o aprendizado nos leva ao amadurecimento do pensar,
No praticar do pensamento - percebe-se que,

“O contrário do amor não é o ódio”

O amor e ódio são subjetividades
Enquanto um é razoado o outro é àquele que
No afã da passionalidade se desequilibrou.

Amor é verbo, portanto é ação,
O ódio é apenas um qualificativo adicional - Condição
Determinada por situação ou momento... Logo não
Pode se lhe opor.

O contrário do amor
É a ausência do Verbo, sendo
Por conseguinte - A indiferença!

Texto agregado el 05-01-2009, y leído por 108 visitantes. (0 votos)


Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]