La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / AOS MORTOS OS SEUS MORTOS.

 Imprimir  Recomendar
  [C:426488]

Nem mesmo o fantasma capenga que me assustava os sonhos, transformando-os em pesadelos horripilantes durante os anos de minha infância fora capaz de tamanha ousadia...!

Mas, aquele espectro do passado que eu jamais havia permitido me perturbasse se encontrava ali predisposto, ao pé de mim, em concreto, sorridente, sutil e de aparência amigável, num todo, um só dissimulo!

De início apenas a sensação de espanto -, Medo? Naquele exato momento, não, nenhum!

Todavia, um arrepio estranho me percorreu os sentidos. Percebi-me infantil, quis por um instante demonstrar superioridade, mas as palavras me faltaram, minhas pernas bambearam e perdi o norte, sem ao menos arredar os pés da soleira da porta de entrada, ao ver o passado, ali, reconstruindo-se, foi quando em realidade experimentei de fato o assombro , Sentindo-me totalmente humilhada!

Coração aos pulos, uma voz familiar veio em meu socorro, repetindo incessante: Desperta-te!

Por fim, alquebrada, saí da fantasia malograda,

Como bem dizem: - Aos mortos os seus mortos!


Texto agregado el 15-10-2009, y leído por 118 visitantes. (3 votos)


Lectores Opinan
2009-10-15 04:55:06 Éstoy despierto trastando de traducirlo. 5* jugama
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]