La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / PAI NOSSO... (SÉRIE ORAÇÕES)

 Imprimir  Recomendar
  [C:439200]

“Pai Nosso que está no céu...”
- Cremos em ti, Criador do céu e de tudo quanto há sobre a terra, e que vives incessante e sabiamente a semear no mais árido, e no que nos parece inóspito, do universo -, Encantador é o equilíbrio universal, provocador de reflexões profundas!

“Santificado seja o teu Nome”
- Muitas vezes usado em cenas vãs. Dilapidando-se ao ser lançado aos quatros ventos. E quantas tantas outras vezes, jogado ao léu!

“Venha a nós o teu Reino”
- Pois que em tua infinita misericórdia atendes aos anjos que decaem, bastando um ápice de verdadeiro arrependimento para serem amparados e reerguidos do atoleiro de suas deficiências morais!

“Senhor, que seja feita a tua Vontade, assim na terra como no céu!”
- Não lamentas, as árvores toscas, ou os frutos que se precipitam antes de estarem de todo prontos, tampouco reprovas os que se deixaram apodrecendo, entregues a letargia, porque és o Nosso Criador! Pai Amantíssimo que és, constantemente, tens nos ensinado que tudo está circunscrito as Tuas leis, onde tudo nos é cabido, porém nem tudo nos convém. Não obstante, dá-nos a liberdade de escolha.

“O Pão Nosso de cada dia nos dá hoje”
- Sustentando-nos o ânimo, nos alimentando o espírito da perseverança, e nos tornando resistentes quando das investidas dos sentimentos desfavoráveis ao crescimento individual e coletivo no que tange ao espírito e a matéria.

“Perdoa-nos as ofensas na medida em que perdoarmos a quem nos tem ofendido”
- Somos escaninhos de varias experiências, e tu Senhor nos tem avalizado em cada experimento, entretanto, e, quantas vezes nos resvalamos, ou nos insurgimos contra ti.
Enquanto Tu sempre na tua magnânima beneficência, indulgente, a nos abonar as faltas nos incentivando à caridade.
Contudo, quantas vezes nos tornamos tenazes credores, ante os pequenos esquecimentos alheios, sem atentarmos para o teu Exemplo!

“E não nos deixes cair em novas tentações”
Pai,
Que mais dizer a quem tanto nos conhece?

Senão que reconhecemos a Tua Grandiosidade,
Nas muitas vezes que nos sentimos sozinhos, quando a dor nos invadiu, fazendo até mesmo a alma chorar, Tu ali, carregando-nos, nos braços, mansamente auxiliando-nos no reconhecimento, em nós mesmos, das próprias falhas, afagando-nos foste fechando feridas.

Muitas são as lembranças a serem esquecidas, sem revide das ofensas!

E se tornarmos a cair levanta-nos e nos envia os teus anjos para nos amparar os novos passos.

Auxilia-nos, uma vez mais, a praticar a Tua oração:

Pai Nosso...

Toca-nos com o teu infinito Amor curando Senhor onde dói!

Texto agregado el 14-01-2010, y leído por 125 visitantes. (1 voto)


Lectores Opinan
2010-01-14 14:21:19 Hermosa explicación del Padrenuestro, frase a frase. Te confieso que tuve que recurrir al traductor, pero valió la pena. ***** susana-del-rosal
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]