La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / JÁ É TARDE...!

 Imprimir  Recomendar
  [C:463699]

Eu, outra vez, diante do mar,

A brisa, de além mar, me traz aromas mil,

Entre eles o teu perfume e muitas saudades!


Todos os dias o mesmo frenesi, e quando,

Tudo se desassossega ou ao fim do dia,

Como gaivota buscando com que se alimentar

Volto e me rendo, e serena queda minh’alma!


Se me perguntares, do meu encanto,

Não saberei responder-te, o por quê!


Sei somente que entre a ribalta reluzente e

O horizonte tirante a negro, eu, a esperar,

Ao sopro dos ventos em segredo me confessesando às ondas.


Numa nesga do tempo,

Mais um dia e outra noite, se, findam,

E tu, nem sei...!


Perambulando nas águas sob o luar,

Eu, ouvindo os ventos e esperando...,


Mas, já é tarde,

Talvez tarde de mais, quem sabe,

Por que eu já nada mais sei!

Texto agregado el 22-09-2010, y leído por 115 visitantes. (1 voto)


Lectores Opinan
2011-02-07 20:05:24 Trouxe-me saudades...saudades do que poderia ter sido e não foi... Adoro a tua escrita! =) sunrise
 
Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]