La Página de los Cuentos
Tu comunidad de cuentos en Internet
[ Ingresa
|
Regístrate ]

Menu
Home
Noticias
Foro
Mesa Azul
Eventos
Enlaces
Temas
Búsqueda

Cuenteros
Locales
Invitados


Inicio / Cuenteros Locales / hibrida / PARA QUANDO ESTIVERES TRISTE

 Imprimir  Recomendar
  [C:559224]

Lembra-te,
Do que fora ensinado, bem lá quanto tudo perguntavas e obtinhas respostas simples que te compraziam renovando-te o bem estar, a exemplo dos significados das cores...

Perguntavas e logo vinha a resposta, porém hoje, segues perguntando e as vezes somente escutas o eco de tuas perguntas - Recorda-te, do exemplo das cores... Muitas das respostas já
conheces!

Não te entristeças o atraso de resposta a uma pergunta feita possibilita oportunidade para avaliares as respostas que já te foram fornecidas.

Mas, se a tristeza teima em ser ainda mais próxima de ti, relembra:
O verde traduz, em muitas culturas, a esperança - Dá-te pressa adentra um jardim e veras matizes diversos de verde, sem contrastar, mas, se harmonizando com o amplo colorido percebido naquele espaço, onde tons diversos anima os olhos do apreciador, se traduzindo em calor que aquece o coração dorido, enquanto outras cores promoventes de cura, sana-lhe.

Se estás a perguntar porque não falei flores é que me imagino e suponho que já reanimaste, afastando de ti a tristeza, para desfrutar melhor os aromas que emanam dali para ti.

E se ainda te preocupas com as respostas em atraso - Toma-te a vida considerando:
" que nossos sentidos às vezes nos enganam (...)" René Descartes, “Discurso do Método”

Texto agregado el 13-08-2015, y leído por 23 visitantes. (1 voto)


Para escribir comentarios debes ingresar a la Comunidad: Login


[ Privacidad | Términos y Condiciones | Reglamento | Contacto | Equipo | Preguntas Frecuentes | Haz tu aporte! |
]